Circuito Americano de Homens

KUCHAR VENCEU  NO MÉXICO E QUEBROU JEJUM DE QUATRO ANOS E MEIO NO PGA TOUR

Mayakoba Golf Classic

Data: 8 a 11 de Novembro de 2018
Campo: El Camaleon Golf Club
Par: 71
Local : Playa del Carmen, México

Resultados

 

 

A cidade Playa del Carmen – no sul de Mayakoba, no México – encontra-se no coração da Riviera Maia, local que atrai todos os anos milhões de turistas, cuja praia é banhada pelas águas do Mar das Caraíbas.

No Resort Mayakoba, na referida praia, disputou-se no campo El Camaleon – desenhado por Greg Norman – a 12ª edição do torneio que tem uma bolsa de prémios no montante de 7,2 milhões de dólares (cerca de 6,3 milhões de euros).

Os buracos do campo El Camaleon Golf Club são dados a conhecer em hole-by-hole.

No torneio participaram 132 jogadores, tendo saído vencedor o natural da Florida, Matt Kuchar, 40 anos, que reside na Georgia, que bateu 64, 64, 65 e 69 pancadas, 22 abaixo do par do campo.

 

Kuchar com esta vitória, cujo último triunfo tinha obtido em 2014 no RBC Heritage, quebrou um jejum de quatro anos e meio, alargando o seu palmarés para oito vitórias no PGA Tour.

Matt Kuchar que arrancou para a ronda final com a vantagem de quatro pancadas, obteve nesta ronda o seu pior resultado – 69 pancadas – devido a, nos back-nine, ter efetuado dois bogeys e dois birdies, não tendo sido contudo obrigado a um play-off com o sul-coreano Danny Lee, 20 anos, que reside em Irving, no Texas, por nos últimos buracos ter feito pars.

Kuchar terminou a sua prestação com apenas uma pancada de vantagem sobre o vice-campeão Lee, tendo produzido os resultados atrás referidos com: 26 birdies; 42 pars; e, 4 bogeys, batendo o recorde do torneio ao consumar 22 pancadas abaixo do par do campo.

O seu concorrente Danny Lee, concretizou nas rondas 65, 66, 67 e 65 pancadas, tendo obtido estes resultados com: 25 birdies; 43 pars; e, 4 bogeys.

O torneio em que passaram o cut os 72 melhores jogadores, tendo 22 apresentado nas quatro rondas, resultados todos na casa das sessenta pancadas, o que se tornou possível por este ano o torneio ter sido disputado com boas condições meteorológicas, não comparáveis com as do ano passado em que ocorreu chuva intensa e trovoada.

O terceiro lugar do evento foi partilhado pelo californiano de Los Angeles, J. J. Spaun, 28 anos e o natural da Florida, Ricky Werenski, 26 anos, que concluíram as suas prestações com 19 pancadas abaixo do par do campo.

O 5º lugar do evento foi preenchido pelo natural do Missouri, Brice Garrett, 35 anos, que consumou 18 pancadas abaixo do par do campo.

O natural da Pensilvânia, Jim Furyk, 48 anos; o vencedor do torneio do ano passado, que nasceu no Arizona, Pat Perez, 42 anos; o natural do Ohio, Harold Varner III, 28 anos; e, Scorr Piercy, 40 anos, de Las Vegas; terminaram as suas prestações no 6º lugar da classificação do torneio, com 17 pancadas abaixo do par do campo.

Piercy que bateu 67, 68 e 70 pancadas, obteve na última ronda o melhor resultado do torneio numa volta, 62 pancadas, que apurou com cinco birdies e pars nos front-nine e três birdies e pars nos back-nine.

O natural de Seul, Meen-Whee Kim, 26 anos, que reside em Dallas, no Texas, que se encontrava, após a terceira ronda, no segundo lugar do evento, tendo batido 68, 63 e 66 pancadas, arrancou para a última volta na formação de Kuchar, mas ao fazer par, bogey, birdie, seguidos de pars e apenas um birdie, fechou os front-nine com 35 pancadas, com uma pancada abaixo do par desta fase da partida.

Ao consumar pars e um bogey nos back-nine, Kim concluiu a volta com 71 pancadas, resultado que o remeteu para o 10º lugar empatado com menos dezasseis pancadas.

Os notáveis Tony Finau, 29 anos, natural de Salt Lake City, no Utah e o californiano Richie Fowler, 29 anos, ambos com todos os resultados na volta na casa das sessenta pancadas, obtiveram o 14º lugar empatados, com 14 pancadas abaixo do par do campo.

Outros jogadores que destacamos da classificação geral do torneio, obtiveram as posições e resultados seguintes: Cameron Champ, Adam Hadwin – 10ºE/-16; Emiliano Grillo – 15º/-15; Abraham Ancer – 21ºE/-13; Si-Woo Kim, Chez Reavie – 26ºE/-12; Gary Woodland – 41ºE/-9; e, J. B. Holmes – 48ºE/-8.

O vencedor do torneio recebeu um prémio no montante de 1,296 milhões de dólares (cerca de 1,1 milhões de euros) e o vice-campeão Lee 777.600 dólares (cerca de 686 mil euros), tendo a cada um sido atribuídos, respetivamente, 500 e 300 pontos FedEx Cup.

Com o prémio recebido, Kuchar subiu na Official Money do 171º lugar empatado à 5ª posição, onde apresenta 1.311.260 dólares (cerca de 1,1 milhões de euros), após ter participado em dois eventos esta época.

Danny Lee neste seu quarto evento que disputou este ano, subiu do 61º ao 11º lugar, onde regista 989.155 dólares (cerca de 872 mil euros).

Na lista da FedEx Cup Season Points, Kuchar subiu do 173º lugar empatado à 5ª posição, onde regista 505 pontos, atribuídos nos dois eventos em que participou.

Danny Lee ascendeu na lista da FedEx Cup Season Points do 48º ao 10º lugar, onde apresenta 399 pontos, obtidos nos quatro eventos em que participou esta temporada.

Os anteriores vencedores do torneio – para além de Perez, já referido – que se classificaram nesta edição do torneio, obtiveram as seguintes posições e resultados: Brian Gay (2008) – 41ºE/-9; e, Paton Kizzire (2018) – 55ºE/-6.

Não passaram o cut, dentre outros concorrentes, os seguintes: Tom Hoge; Charles Howell III; Martin Laird; Peter Manalti; Junter Mahan; Ryan Moore; Beau Hossler; Corey Conners; Patrick Rodgers; Robert Streb; John Huh (vencedor em 2012); Charley Hoffman (2015); e, Graeme McDowell (2016).

 

Voltar

 


 

Sites


 





 



 

Revised: 12-11-2018 .