Circuito Americano de Homens

O Californiano DeChambeau obtEVE em Detroit sexta vitória no PGA Tour

Rocket Mortgage Classic

Data: 2 a 5 de Julho de 2020
Campo: Norte no Detroit Golf Cl
ub
Par: 72
Local : Detroit, Michigan, EUA

Resultados

 

 

O Rocket Mortage Classic que se disputou pela primeira vez em 2019 e cujo nome é duma subsidiaria da Quicken Loans, que deu o seu nome ao torneio que se disputou no Maryland até 2018.

O Detroit Golf Club é um clube privado que se encontra perto da Universidade de Detroit Mercy, tendo os dois campos do clube, o Norte e o Sul, sido desenhados pelo escocês Donald Ross, que nasceu em 1872 e faleceu em 1948, com a idade de 75 anos.

Ross cedo decidiu partir para os EUA, tendo obtido o seu curso de arquitetura de golfe após ter ingressado no Pinehurst Resort, na Carolina do Norte.

Ross concebeu algumas centenas de campos nos vários estados americanos, tendo os campos do Detroit Golf Club – fundado em 1899 – o Norte e o Sul, recebido a sua assinatura, como muitos outros que desenhou no estado do Michigan.

Ross foi também jogador de golfe, tendo disputado entre 1897 e 1910, o US Open e o The Open.

Com a fama que granjeou como jogador, reduziu as suas atividades como golfista e professor de golfe, enveredando pelo desenho de campos de golfe.

O campo Norte do Detroit Golf Club é apresentado hole-by-hole.

No torneio participaram 157 jogadores e foi ganho pelo californiano Bryson DeChambeau, 26 anos, que bateu 66, 67, 67 e 65 pancadas, 23 abaixo do par do campo.

O quarto torneio da série a que se chamou “Return to Golf”, disputou-se já segundo novas regras estabelecidas para os jogadores e caddies, que tivessem efetuado testes positivos do Covid-19 sem apresentarem quaisquer sintomas, os assintomáticos, que agora poderão regressar aos torneios quando apresentarem testes negativos com um intervalo mínimo de 24 horas.

Esta nova política permitiu ao natural de Sacramento, na Califórnia, Cameron Champ, 25 anos, regressar aos torneios, após ter efetuado um teste positivo em 23 de Junho e três outros negativos, nas 72 horas seguintes.

Os jogadores do PGA Tour Harris English e Chad Campbell e outros jogadores do Korn Ferry Tour – 2ª divisão do PGA Tour – Brandon Wu e Jonathan Hodge que testaram positivo no início desta semana, mas que eram assintomáticos, sendo agora, com a nova política, eventalmente elegíveis para o torneio da próxima semana.

Esta semana houve novas ‘baixas’ no field do torneio que foram: o natural de Joanesburgo, na África do Sul, Dylan Frittelli, que testou positivo no Covid-19, bem como, o natural da Georgia, Harris English, já referido.

DeChambeau que no ano passado anunciou que se ia sujeitar a novo regime alimentar para ir colocar as bolas a maior distância, apesar de poder torna-lo fisicamente irreconhecível, o que não veio a acontecer, se bem que tenha aumentado em dois anos cerca de 20 kg, os quais  se transformaram em grande parte, em massa muscular, o que veio a permitir baixar os seus habituais resultados.

Esta semana DeChambeau foi segundo na estatística dos drivers, obtendo uma média de 320 jardas (292,48 metros).

O californiano DeChambeau bateu 66, 67, 67 e 65 pancadas, 23 abaixo do par do campo, que apurou com: um eagle; 27 birdies; 38 pars; e, 6 bogeys.

Na terceira ronda o líder do torneio era californiano Matthew Wolff, 21 anos, que havia batido 69, 64 e 64 pancadas, menos três pancadas que DeChambeau que havia consumado 66, 67 e 67 pancadas, encontrando-se consequentemente com mais três pancadas que Wolff.

DeChambeau eliminou este deficit na ronda final nos três primeiros buracos, encontrando-se três pancadas à frente de Wolff após um quinto birdie no buraco 10, par 4, tendo terminado a sua prestação com birdies nos três últimos buracos do torneio.

Wolff, o líder após 54 buracos, viu a sua vantagem desaparecer, encontrando-se após efetuar os dez primeiros buracos da ronda final, com mais três pancadas que DeChambeau.

Wolff tentou ultrapassar esta situação com birdies nos buracos 12, 13, 15 e 17, o que não veio a conseguir, por não ter efetuado birdie no 16, par 4; e um eagle, no 17, par 5.

Wolff concluiu a última volta com 71 pancadas, após ter concluído as quatro voltas com: um eagle; 30 birdies; 29 pars; e, 12 bogeys.

O 3º lugar do torneio foi ocupado pelo natural da Carolina do Sul, Kevin Kisner, 36 anos, que concluiu a sua prestação com 18 pancadas abaixo do par do campo, que obteve com 65, 69, 70 e 66 pancadas, resultados que concretizou com: um eagle; 22 birdies; 43 pars; e, 6 bogeys.

O 4º lugar do evento foi partilhado pelos quatro jogadores seguintes, que apuraram 16 pancadas abaixo do par do campo.

Os quatro jogadores que ocuparam aquela posição foram: Danny Willett, 32 anos, que concretizou nas rondas: 71, 68, 67 e 66 pancadas, que apurou com 21 birdies; 48 pars; e, 3 bogeys; o canadense Adam Hadwin, 32 anos, que efetuou 67, 69, 69 e 67 shots, com: um eagle; 19 birdies; 43 pars; e, 5 bogeys; o inglês Tyrrell Hatton, 28 anos, que apurou 68, 67, 69 e 68 pancadas, que obteve com: 22 birdies; 44 pars; e, 6 bogeys; e, o natural de Akron, no Ohio, Ryan Armour, 44 anos, que consumou nas voltas 69, 64, 67 e 72 pancadas, que obteve com: um eagle; 21 birdies; 44 pars; 5 bogeys; e, um double-bogey.

Bryson DeChambeau recebeu um prémio no valor de 1.350 milhões de dólares (cerca de 1,1 milhões de euros) e 500 pontos FedEx Cup.

Ao vice-campeão Matthew Wolff foi-lhe atribuído 300 pontos FedEx Cup e um prémio no montante de 817.500 dólares (cerca de 726 mil euros).

Kevin Kisner, que ocupou o 3º lugar, recebeu um prémio no valor de 517.500 dólares (cerca de 459 mil euros) e 190 pontos FedEx Cup.

Os classificados no 4º lugar, Ryan Armour, Adam Hadwin, Tyrrell Hatton e Danny Willett, receberam cada, um prémio no valor de 300 mil dólares (cerca de 266 mil euros).

Com os prémios monetários e os pontos FedEx Cup recebidos, os jogadores atrás referidos movimentaram-se das posições onde se encontravam nos rankings respetivos, tomando as novas posições a seguir indicadas:

Jogadores

Official Money

FedEx Cup Regular Season Points

Anterior

Atual

Anterior

Atual

B. DeChambeau

12º

M Wolff

103º

41º

111º

44º

K. Kisner

83º

47º

78º

46º

D. Willett

166º

111º

191º

136º

A. Hadwin

43º

36º

43º

32º

T. Hatton

15º

13º

R. Armour

113º

77º

112º

75º

Outros concorrentes que destacamos da classificação geral do torneio, obtiveram as seguintes classificações e resultados: Webb Simpson – 8ºE/-15; Cameron Champ, Rickie Fowler, Viktor Hovland, Mark Hubbard – 12ºE/-14; Lanto Griffin, Hideki Matsuyama – 21ºE/-13; Harold Varner III – 30ºE/-12; Emiliano Grillo, Scott Stallings, Scott Harrington – 39ºE/-11; Keegan Bradley, Patrick Rodgers, Pat Perez – 45ºE/-10; Sungjae Im, Taylor Duncan, Luke Donald, Tony Finau – 53ºE/-9; Si Woo Kim, Brendon Todd – 57ºE/-8; e, Harris Higgs – 70º/+2.

Não passaram o cut, dentre outros jogadores, os seguintes: Scott Brown; Chesson Hadley; Sam Ryder; Jason Day; Cameron Davis; Nate Lashley (vencedor do torneio em 2019); J. T. Poston; Matt Jones; David Hearn; Russell Knox; Bronson Burgoon; Bo Hoag; Cameron Percy; Bubba Watson; Patrick Reed; Robby Shelton; Jason Dufner; Brandt Harman; Sebastien Muñoz; James Hahn; Bill Haas; Patton Kizzire; Aaron Bradley; Kyle Stanley; Hank Lebioda; Jimmy Walker; Scottie Scheffer; Alex Noren; Tom Hoge; Xin Jae Zhang; Robert Streb; D. J. Trahan; Rafa Cabrera Bello; Andrew Putnam; Beau Hossler; Rory Sabbatini; Brian Gay; Kevin Na; e, Talor Gooch.

Voltar

 


 

Sites


 





 

Revised: 06-07-2020 .