Circuito Americano de Homens

DeCHAMBEAU AVERBA PRIMEIRO TÍTULO NO TOUR COM UMA PANCADA DE VANTAGEM SOBRE O LÍDER DA SEGUNDA E TERCEIRA JORNADAS

John Deere Classic

Data: 13 a 16 de Julho de 2017
Campo: TPC Deere Run
Par: 71
Local : Silvis, Illinois, EUA

Resultados

 

O John Deere Classic é disputado anualmente em Julho na semana anterior ao The Open Championship.

O torneio recebeu este nome em 2000, sendo disputado, desde então, no TPC Deere Run, em Silvis, tendo-se tornado desde 1972 um torneio oficial do Tour.

O vencedor foi o califoniano Bryson DeChambeau, 23 anos, que arrancou para a ronda final com mais quatro pancadas que o líder da segunda e terceira rondas, o natural de Indiana, Patrick Rodgers, 25 anos, que havia batido 65, 64 e 68 pancadas, 16 abaixo do par do campo.

 

Na ronda final Rodgers, em vez de proteger a sua liderança, tentou ser mais mais agressivo, isto para aumentar a diferença em relação à concorrência, vindo a reduzir aquela com a estratégia de jogo que adoptou.

Rodgers com este estilo agressivo acabou por fazer bogeys nos buracos 14, par 4 e 17, par 5 – o segundo e terceiros buracos mais fáceis do campo – acabando por concluir a volta com 70 pancadas.

DeChambeau ao concretizar quatro birdies nos últimos seis buracos, concluiu a volta com 65 pancadas, 18 abaixo do par do campo.

Com estes resultados Rodgers – que apenas necessitava de pars nos dois últimos buracos para forçar o play-off – acabou quase a ganhar o torneio, quando falhou por pouco o birdie no buraco 18.

DeChambeau obteve neste evento a sua primeira vitória no PGA Tour, tendo concretizado as marcas referidas – 66, 65, 70 e 65 pancadas – com as quais obteve as 18 pancadas abaixo do par do campo, deixando Rodgers à distância de uma pancada.

Com este triunfo DeChambeau conseguiu a última entrada no Royal Birkdale, para disputar na próxima semana o The Open Championship.

DeChambeau já havia recebido um convite para disputar o The Open, quando era amador, não tendo então aceite a oferta, guardando para mais tarde a sua presença no evento, mas já como profissional, o que agora aconteceu.

O 3º lugar do torneio foi partilhado: pelo natural da Carolina do Sul, Wesley Bryan, 27 anos, e o natural do Indiana, Rick Lamb, 26 anos, que concluíram as suas prestações com 16 pancadas abaixo do par do campo.

Os prémios para o campeão e vice-campeão tinham os montantes de 1,008 milhões de dólares (cerca de 871 mil euros) e 604.800 dólares (cerca de 527 mil euros) valores com que DeChambeau subiu do 128º ao 47º lugar da lista da Official Money onde apresenta o total de 1.622.966 dólares (cerca de 1,4 milhões de euros) obtidos nos 25 eventos em que já participou esta época.; Patrick Rodgers, com o prémio recebido movimentou-se na lista da Official Money da 112ª à 65ª posição onde regista o total de 1.329.435 dólares (cerca de 1,1 milhões de euros) ganhos em prémios nos 23 torneios em que marcou presença esta temporada.

Na lista da FedEx Cup Standings, com os 500 e 300 pontos atribuídos, respectivamente, a DeChambeau e Rodgers; o primeiro subiu do 114º ao 34º lugar onde exibe o total de 810 pontos; e, o segundo da 107ª à 52ª posição onde apresenta 639 pontos; totais recebidos por ambos nos números de torneios atrás referidos.

Os vencedores do torneios em anos anteriores obtiveram as classificações e resultados indicados: Jonathan Byrd (2007), Zach Johnson (2012), Steve Stricker (2011, 2010, 2009) – 5ºE/-15; Brian Harman (2014) – 10ºE/-4; Sean O’Hair (2005) – MDF.

Outros concorrentes que destacamos da classificação do torneio, concluíram o mesmo nas posições e com os resultados seguintes: Chad Campbell, Bud Cauley, Morgan Hoffman – 12ºE/-13; Charles Howell III – 19ºE/-12; Scott Brown, Lucas Glover – 25ºE/-11; Kevin Streelman – 44ºE/-9; Chris Kirk – 60ºE/-6.

Não passaram o cut, dente outros jogadores, os seguintes: Brendon de Jong; Corey Gibble; Hunter Mahan; Geoff Ogilvy; Roberto Carlos; Ryo Ishikawa; Smylie Kaufman; John Huh; Bryce Molder; e, Ryan Moore (vencedor em 2016).

Voltar

 


 

Sites


 






 



 

Revised: 17-07-2017 .