Circuito Americano de Homens

O ESTREANTE NO PGA TOUR COOK OBTÉM PRIMEIRO TRIUNFO NA GEORGIA

The RSM Classic

Data: 16 a 19 de Novembro de 2017
Campo: Seaside e Plantation do Sea Island GC
Par(s): 70 (Seaside) e 72 (Plantation)
Local : Sea Island, Georgia, EUA

Resultados

 

O torneio inaugurado em 2010 – que tem como anfitrião Davis Love III, capitão da equipa vitoriosa da Ryder Cup 2016 – foi disputado por 156 jogadores, tendo as duas primeiras rondas sido efectuadas nos campos Seaside e Plantation, no Sea Island Golf Club, com os jogadores a utilizarem alternadamente cada um dos percursos.

As duas últimas jornadas após o cut, tiveram como palco o campo Seaside.

O vencedor desta oitava competição do calendário do PGA Tour de 2017/2018, foi o natural de Little Rock, no Arkansas, Austin Cook, 26 anos, que efectuou 68, 62, 66 e 67 pancadas, 21 abaixo do par do campo.

Cook produziu aquelas marcas com: 23 birdies; 47 pars; e, 2 bogeys.

Austin Cook tomou o comando da competição a partir da segunda ronda, quando obteve o melhor resultado numa volta do torneio – 62 pancadas – tendo entrado no fim de semana, com a vantagem de uma pancada sobre a concorrência, sem fazer bogeys, quer no campo Plantation, quer no Seaside, do Sea Island Golf Club.

Cook nas duas primeiras jornadas fez 14 birdies e pars, concluindo as duas primeiras rondas com 14 pancadas abaixo do par do campo, vantagem que alargou para 18 shots, após ter concluído a terceira ronda, onde fez o primeiro bogey no buraco 14, par 4.

O natural do Arkansas concluiu a terceira jornada com 66 pancadas, tendo deixado à distância de três shots o natural de Atlanta, na Georgia, Chris Kirk, 32 anos, que havia concretizado nas voltas 63, 70 e 64 pancadas, situação que não manteve na ronda seguinte, vindo a finalizar a sua prestação com 71 pancadas, o que o projectou para o 4º lugar empatado, com 14 pancadas abaixo do par do campo.

Austin Cook concluiu a última volta com 67 pancadas, com 21 pancadas abaixo do par do campo, deixando com mais quatro pancadas, como vice-campeão, o natural de Los Angeles, na Califórnia, J. J. Spaun, 27 anos, o único jogador que havia na terceira ronda igualado o score de 62 pancadas, efectuadas por Cook na segunda jornada.

Cook concretizou o seu segundo bogey no torneio no buraco 2, par 4, da ronda final, tendo nas seguintes efectuado, quatro birdies e pars.

Spaun que iniciou o torneio com 67 pancadas, ao consumar 70 shots na segunda jornada, entrou no grupo de jogadores classificados no 30º lugar, ascendendo na terceira jornada ao 4º lugar, com a melhor marca do torneio – 62 pancadas – vindo a concluir a sua actuação no evento com 66 pancadas, tornando-se assim o vice-campeão do torneio.

O objectivo de Austin Cook é ser no próximo ano o ‘Rookie of the Year’ – tendo esta vitória que obteve, sido um bom incentivo.

Curiosamente, no ano passado, o RSM Classic foi também ganho por um estreante no PGA Tour, o natural de Hamilton, no Canadá, Mackenzie Hughes, 26 anos, que reside em Charlotte, na Carolina  do Norte.

Com o prémio de 1.116.000 dólares (cerca de 946 mil euros) Austin Cook subiu do 98º ao 7º lugar, onde apresenta 1.228.149 dólares (cerca de 1,4 milhões de euros) recebidos em prémios nos quatro eventos que já disputou esta época.

Cook recebeu pela vitória no torneio 500 pontos FedEx Cup, subindo com os pontos que lhe foram atribuídos, da 88º à 7ª posição, onde regista 563 pontos, que recebeu no número de eventos atrás mencionados.

O vice-campeão J. J. Spaun, com o prémio de 669.600 dólares (cerca de 567 mil euros) e os 300 pontos FedEx Cup recebidos, subiu: na Official Money, da 47ª à 12ª posição, onde totaliza 957.837 dólares (cerca de 811 mil euros) que totalizou nos cinco eventos em que participou  na época; e, com os pontos que lhe foram atribuídos, ascendeu na FedEx Cup Season Points, do 46º ao 10º lugar, onde apresenta o total de 427 pontos, obtidos no número de torneios atrás referido.

Outros concorrentes que destacamos da classificação geral do torneio terminaram as suas prestações nos lugares e com os resultados indicados: Brian Harman – 4ºE/-14; Bud Cauley, Zach Johnson, William McGirt, Vaughn Taylor – 8ºE/-13; e, Kevin Streelman – 17ºE/-11.

O natural de Nashville, Tennessee, Brandt Snedeker, 36 anos, efectuou a sua primeira saída no Tour cinco meses após ter sofrido uma lesão no osso do ‘externo’, tendo batido 67, 67, 70 e 70 pancadas, 8 abaixo do par do campo, obtendo o 29º lugar empatado.

Não passaram o cut, dentre outros jogadores, o seguintes: Robert Streb; Bill Haas; Charles Howell III; Jason Kokrak; Graeme McDowell; Danny lee; Camillo Villegas, Ernie Els; Greg Chalmers; Peter Malnati; Patrick Rodgers; Smylie Kaufman; e, Andrew Johnson.

Voltar

 


 

Sites


 






 



 

Revised: 20-11-2017 .