Circuito Americano de Senhoras

A JAPONESA SUZUKI VENCE TORNEIO NO SEU PAÍS PODENDO CASO QUEIRA TORNAR-SE MEMBRO DO LPGA TOUR

Toto Japan Classic

Data: 8 a 1 de Novembro de 2019
Campo: North no Seta Golf Course

Par : 72
Local :
Shiga, Japão

Resultados

 

 

O LPGA Tour continuou a sua viagem pela Ásia, após ter disputado torneios, na China, Coreia do Sul, Taiwan e, esta semana, em Shiga, no Japão, o Toto Japan Classic, evento co-sancionado pelo LPGA Tour e LPGA Tour of Japan, sendo este o quarto e último torneio do Asian Swing.

O Toto Japan Classic foi inaugurado em 1973, tendo sido desde aquele ano até 1975, um torneio não oficial do LPGA Tour, que teve vários patrocinadores ao longo dos anos, sendo o último, o Toto, Ld, que desde 2015 dá o nome à competição.

 

O torneio desde 1989, realizou-se doze vezes no Seta Golf Course, tendo como palco o percurso “North”, que se apresenta neste vídeo.

No torneio participaram 78 jogadoras das quais 27 eram japonesas, tendo o torneio sido ganho pela japonesa Ai Suzuki, 25 anos, que obteve a primeira vitória no LPGA Tour, sendo a terceira jogadora – que não sendo membro do Tour – a consumar um triunfo naquele Tour, após Hinako Shiburno no AIG Women’s British Open e Ha Na Jang, vencedora do BMW Ladies Championship.

Ai Suziki já obteve no JLPG 14 vitórias neste Tour, das quais duas foram Majors.

O Toto Japan Classic foi ganho nos últimos dois anos por jogadoras japonesas, tendo a anterior vitória sido obtida por Nasa Hataoka.

Com esta vitória Ai Suzuki é eligível como membro do LPGA em 2020, desde que tal pretenda e efetue as ‘demarches’ para o efeito.

A campeão Ai Suzuki bateu nas rondas 67, 65 e 67 pancadas, 17 abaixo do par do campo, que efetuou com: 18 birdies; 35 pars; e, um bogey.

A vice-campeã do evento foi a sul-coreana Hyo Joo Kim, 24 anos, que apurou nas rondas 68, 68 e 66 pancadas, que produziu com: 17n birdies; 35 pars; um bogey; e, um double-bogey.

O 3º lugar do torneio foi ocupado pela natural de Perth, na Austrália, Minjee Lee, 23 anos, que efetuou nas rondas 68, 69 e 68 pancadas, que concretizou com: um eagle; 16 birdies; 30 pars; e, 7 bogeys.

A campeã recebeu um prémio no valor de 225 mil dólares (cerca de 205 mil euros) tendo a vice-campeã Minjee Lee, sido premiada com 99.314 dólares (cerca de 91 mil euros).

Na Official Money, Minjee Lee manteve-se na 5ª posição do ranking, com 1.508.761 dólares (cerca de 1,3 milhões de euros) obtidos em 25 competições em  que já participou esta época, não figurando nos rankings Ai Suzuki por não ser membro do LPGA Tour.

Á vice-campeã Minjee Lee, foram-lhe atribuídos 190 pontos na lista da Race to CME Globe, total com que subiu neste ranking, da 4ª à 3ª posição, onde regista o total de 2.870 pontos Globe, que já obteve no número de eventos já referidos.

As jogadoras que conquistaram esta competição em anos anteriores foram as seguintes, que concluíram o torneio nas posições e com os resultados indicados: Shanshan Feng (2017, 2016) – 6ºE/-9; Momoko Ueda (2007) – 24ºE/-3; Teresa Lu (2013) – 32ºE/-2; Nasa Hataoka (2018) – 52ºE/+1; e, Mi Hyang Lee (2014) – 61ºE/+2.

Outras concorrentes que destacamos da classificação geral do torneio, obtiveram as seguintes posições e resultados: Jing Yan, Jennifer Kupcho – 4ºE/-10; Gaby Lopez – 6ºE/-9; Azara Munoz, Morgan Pressel, Hannah Green – 10ºE/-8; Ariya Jutanugarn – 20ºE/-4; So Yeon Ryu, Lexi Thompson, Yu Liu – 24ºE/-3; Mi Jung Hur, Sakura Yokamine, Lydia Ko, Su Oh – 32ºE/-2; Eun-Hee Ji, JIyai Shin – 40ºE/-1; Bronte Law, Megan Khang, Marina Alex – 45ºE/par.

Voltar

 


 

Sites


 





Revised: 11-11-2019 .