Circuito Americano de Seniores

O CANADENSE AMES CONSEGUIU NA GEORGIA PRIMEIRO TRIUNFO NO PGA TOUR CHAMPIONS

Mitsubishi Electric Classic

Data: 14 a 16 de Abril de 2017
Campo: TPC Sugarloaf
Par: 72
Local : Duluth, Georgia , EUA

Resultados

 

O Mitsubishi Electric Classic é um torneio do PGA Tour Champions, que foi inaugurado em 2013, sendo disputado todos os anos no campo TPC Sugarloaf, situado em Duluth, na Georgia.

O campo, aberto em 1997, foi concebido pelo australiano Greg Norman e apresenta fairways ladeados de árvores e onde se encontram fontes e lagos.

O canadense Stephen Ames, 52 anos, que nasceu em S. Fernando, na ilha Trinidade e reside em Vancouver, no Canadá, obteve a sua primeira vitória no Tour, na 49ª saída que efectuou, após ter obtido dois Top-10 nos cinco anteriores torneios que disputou esta época.

 

Stephen Ames fez no PGA Tour uma carreira com  sucesso onde obteve quatro vitórias, que incluíram um triunfo em 2006, no Players Championship.

Ames foi o único jogador do field do torneio que concretizou marcas todas na casa das sessenta pancadas – 67, 68 e 66 pancadas – que apurou com: um eagle; 15 birdies; 36 pars; e, 2 bogeys.

Stephen Ames conquistou o título com 15 pancadas abaixo do par do campo, deixando o lider da Charles Schwab Cup, o alemão Benhard Langer, 59 anos, à distância de quatro pancadas.

Ames que na primeira ronda ocupava o terceiro lugar empatado no evento, terminou a segunda ronda a liderar o evento, com uma pancada de vantagem sobre cinco jogadores, dos quais apenas o natural de Oklahoma, Brandt Jobe, 51 anos, conseguiu o terceiro lugar na ronda final, em que apurou 10 pancadas abaixo do par do campo.

Jobe partilhou o 3º lugar com o sul-africano de Cape Town, David Frost, 57 anos, e com o natural de Maryland, Fred Funk, 60 anos, que concluíram as suas prestações com o mesmo resultado.

O vice-campeão Langer – vencedor do torneio em 2014 – efectuou nas rondas iniciais 67 e 63 pancadas, tendo na última jornada consumado 65 pancadas, o melhor e único resultado da ronda final.

Os quatro jogadores além de Jobe que se classificaram no 2º lugar no fim da segunda jornada, terminaram as suas prestações nos lugares e com os resultados seguintes: o californiano, de Sacramento, Kevin Sutherland, 52 anos – 6ºE/-9; o natural do Kentucky, Kenny Perry, 56 anos, que consumou 64 pancadas na segunda ronda, o melhor resultado numa volta do torneio, tendo concluido o evento no 8º lugar empatado, com 8 pancadas abaixo do par do campo.

O natural de Rhode Island, Billy Andrade, 53 anos, que também fazia parte do grupo dos segundos classificados após a segunda ronda, terminou no 18º lugar empatado com 6 pancadas abaixo do par do campo.

O natural de Oklahoma, Bob Tway, 57 anos, que também pertencia ao grupo referido, concluiu a sua prestação com 76 pancadas, vendo-se com este resultado projectado para o 27º lugar empatado, com 4 pancadas abaixo do par do campo.

Os vencedores do torneio em anos anteriores, além dos atrás referidos, foram os seguintes: o natural da Florida, Woody Austin, 53 anos, vencedor do torneio em 2016, que este ano obteve o 6º lugar empatado, com 9 pancadas abaixo do par do campo; o espanhol, Miguel Angel Jimenez, 53 anos, vencedor em 2014, que se classificou na 8ª posição empatado, com 8 pancadas abaixo do par do campo; e, o natural de Washington, Oline Bowne, 57 anos, vencedor em 2015, que se classificou no 46º lugar empatado, com uma pancada abaixo do par do campo.

Com o prémio de 270 mil dólares (cerca de 253 mil euros) Stephen Ames subiu do 24º ao 5º lugar na Charles Schwab Cup Money List, onde contabiliza 382.800 dólares (cerca de 358 mil euros), que averbou nas cinco competições que disputou esta época.

Langer comanda este ranking, após ter recebido neste evento 158.400 dólares (cerca de 148 mil euros), com 750.250 dólares (cerca de 703 mil euros), total embolsado em prémios, nos seis torneios em que participou esta temporada.

Voltar

 


 

Sites


 






 



Revised: 19-04-2017 .