Circuito Europeu de Senhoras

A magnifica Pedersen obteve terceira vitória em torneios consecutivos realizados na Arábia Saudita e Espanha

Andalucia Costa Del Sol Open de España Femenino

Data: 26 a 29 de Novembro de 2020
Campo:
Sul, no Real Club de Gualdalmina
Par : 72
Local: Marbelha, Andalucia, Espanha

Resultados

 

 

O torneio Andalucia Costa Del Sol Open de España Femenino – que faz parte do calendário do Ladies European Tour (LET) desde 2002 – foi instituído em 1982, tendo sido disputado neste clube pela primeira vez em 2017, competição que foi ganha pela natural de Málaga, Azahara Muñoz, 33 anos, que também havia conquistado, em 2016, este torneio e que teve como palco o Aloha Golf Club, situado também em Marbelha. 

 

O Real Club de Guadalmina possui dois campos de 18 buracos, o Sul e o Norte e um campo de Pitch & Putt, tendo o torneio sido disputado no campo Sul, que apresenta fairways estreitos e protegidos por árvores de grande porte.

O campo pode ser conhecido através de vídeos obtidos buraco a buraco, sendo também um apresentado noutro vídeo, numa reportagem da ronda final.

O torneio foi ganho pela dinamarquesa Emily Kristine Pedersen, 24 anos, que após ter ganho este mês na Arábia Saudita o Saudi Ladies International e o torneio individual do Saudi Ladies Team International, conseguiu novo retumbante triunfo no torneio desta semana, em Espanha.

Pedersen consumou esta vitória com 68, 71, 68 e 66 pancadas, 15 abaixo do par do campo, que obteve com: 2 eagles; 15 birdies; 52 pars; 2 bogeys; e, um double-bogey.

Na ronda final, que concluiu sem bogeys, em que fez 6 birdies e 12 pars, acabou a sua prestação com quatro pancadas de vantagem sobre a favorita local, a espanhola de Palma de Maiorca, Nuria Iturrios, 25 anos.

Pedersen, um modelo de consistência que já conquistou cinco torneios no LET, em doze saídas que efetuou no circuito, tornando-se a primeira jogadora, desde que a francesa Marie-Laure Lorenzi obteve também três vitórias consecutivas.

Emily Pedersen, que iniciou a ronda final como líder da terceira volta, com três pars, tendo feito no buraco 4, par 4, um birdie a que se seguiram sete pars.

Após esta sequência de pars Pedersen com um birdie no 12, par 4, em que bateu a segunda pancada por detrás e ao lado duma árvore, colocou a bola no green, muito perto do buraco, evidenciando a sua maestria no golfe ao fazer o birdie, a que seguiu um par, no 13, par 4, um birdie no 14, par 5 e um par no buraco 15, par 3, terminando a volta e o evento com três birdies.

Nuria Iturrioz, com três vitórias no LET no seu palmarés, acabou por se sagrar vice-campeã, tendo para tanto efetuado 66, 70, 72 e 69 pancadas, que produziu com: 20 birdies; 43 pars; e, 9 bogeys.

O 3º lugar do torneio foi ocupado pela jovem, com um futuro prometedor no golfe, com 22 anos, Ana Peláez, que estuda na Universidade da Carolina do Sul, nos EUA, tendo como recente vitória a que obteve no Women’s Andalucia Cup, tendo também conquistado, em 2016, o Madrid Women’s Championship, tendo contribuído de forma notável noutros torneios amadores, tendo em  2015 contribuido para a vitória de Espanha no European Under 18.

Peláez apurou nas rondas 75, 71, 68 e 67 pancadas, que produziu com: 16 birdies; 48 pars; e, 8 bogeys.

Azahara Munõz, vencedora do torneio em 2017, no campo onde se disputou o evento deste ano, e que, em 2016, venceu esta competição no Aloha Golf Club, obteve o 6º lugar empatado, com as seguintes marcas: 74, 71, 69 e 69 shots, que efetuou com: 14 birdies; 50 pars; e, 8 bogeys.

Emily Kristine Pedersen recebeu um prémio no valor de 90 mil euros, tendo a Nuria Iturrios sido atribuídos 51.629 euros, não tendo Peláez recebido prémio por ser amadora.

Na Costa Del Sol Ordem de Mérito em Euros, Pedersen com o prémio que recebeu manteve-se na liderança do ranking, onde exibe o total de 436.684 euros, valor que lhe foi atribuído nos 12 eventos em que participou esta época.

Nuria Iturrioz com o prémio atribuído, ascendeu da 37ª à 11ª posição do ranking atrás referido, onde contabiliza 78.062 euros, auferidos nos cinco torneios em que já marcou presença.

Na Costa Del Sol Ordem de Mérito em Pontos, a Pedersen foram-lhe atribuídos 300 pontos, tendo-se mantido na liderança deste ranking, com 1.249,35 pontos, que obteve no número de eventos atrás referidos.

Neste ranking Nuria Iturrioz, com os 180 pontos que recebeu, subiu da 46ª à 7ª posição onde regista 256,02 pontos, que o obteve no número de eventos atrás referidos.

Outras concorrentes que destacamos da classificação geral do torneio concluiran a competição nas seguintes posições e com os resultados indicados: Sanna Nuutinen, Maha Haddioui – 4ºE/-6; Luna Sobron Galmes – 9ºE/-5; Marianne Skarpnord, Laura Fuenfstueck, Kelsey Macdonald – 11ºE/-3; Meghan MacLaren – 14ºE/-2; Olivia Cowan, Karolin Lampert, Manon De Roey – 15ºE/-1; e, Esther Hanseleit – 19ºE/+1.

A profissional portuguesa Susana Ribeiro, que participou neste evento pela segunda vez, não passou o cut este ano, após ter efetuado nas duas primeiras rondas 80 e 77 pancadas, 13 acima do par do campo.

Também não passaram o cut as seguintes jogadoras, dentre outras: Lee-Anne Pace (vencedora em 2013); Katja Pogacar; Mireia Prat; Agatha Sauzon; Gemma Dryburgh; Witney Hillier; Diksha Dagar; Beth Allen; Camille Chevalier; e, Gabrielle Cowley.

 

Voltar

 

Revised: 01-12-2020 .