Circuito Europeu de Senhoras

A AMERICANA STANFORD OBTEVE EM FRANÇA VITÓRIA SERÔDIA NUM MAJOR

The Evian Championship

Data: 13 a 16 de Setembro de 2018
Campo: Evian Resort Golf Club
Par : 71
Local:
Evian-les-Bains, França

Resultados

 

O torneio foi instituído em 1994 com o nome Evian Masters sendo desde 1998 considerado Major no calendário do Ladies European Tour (LET).

Em 2000 o torneio passou a ser co-sancionado pelo circuito americano, o LPGA Tour.

Este evento tornou-se, em 2013 Major nos dois circuitos, tomando o nome ‘Evian Championship’ sendo considerado no calendário do LPGA Tour como o quinto Major, realizando-se todos os anos em Setembro.

Atualmente são Majors os seguintes torneios, que, em 2017, tiveram como vencedoras as jogadoras indicadas:

- ANA Inspiration – desde 2015, ex Kraft Nabisco de 2000 a 2014 -So Yeon Ryu
- KPMG Women’s PGA Championship – desde 1955 - Danielle Kang
-US Women’s Open – desde 1950 -Sung Hyun Park
- Ricoh Women’s British Open – desde 2001, ex.
Du Maurier Classic de 1979 a 2000 -In-Kyung Kim
- Evian Championship – desde 2013, ex.
Evian Masters – Anna Nordqvist.

O campo do Evian Resort Golf Club pode ser conhecido hole-by-hole.

No torneio participaram 120 jogadoras, tendo o cut sido efetuado após a segunda ronda tendo prosseguido o torneio apenas 72 jogadoras.

A vencedora do torneio, o último Major da época, foi a veterana americana Angela Stanford, 40 anos, natural de Forth Worth, no Texas, com os resultados de 72, 64, 68 e 68 pancadas, 12 abaixo do par do campo, deixando as quatro concorrentes ao título à distância de uma pancada.

Angela Stanford, que se tornou profissional na época de 2000/2001 – tendo ingressado no LPGA Tour em 2001 – obteve agora o seu primeiro Major, após ter obtido o seu melhor resultado neste evento em 2013, ano em que este torneio se tornou um Major  no LPGA Tour – no qual obteve o 6º lugar empatado, tendo falhado os cuts em 2015 e 2014 e obtido a 7ª posição no torneio em 2016, concluindo o ano passado esta competição no 18º lugar, empatada.

Stanford produziu  aqueles resultados com: um eagle; 22 birdies; 39 pars: 8 bogeys; e, 2 double-bogeys, efetuando na última ronda o mesmo número de pancadas da terceira, que produziu com: 5 birdies; 11 pars; um bogey; e, um double-bogey.

Stanford que concluiu a terceira ronda no 4º lugar empatada com a sul-coreana de Seul, Inbee Park, 30 anos, ambas com 9 pancadas abaixo do par do campo, a cinco pancadas da líder do evento, a natural do Dakota do Norte, Amy Olson, 26 anos, que havia batido 69, 65 e 65 pancadas, 14 abaixo do par do campo, e que se preparava para obter a sua primeira vitória no Tour.

Tal não aconteceu por Olson ter feito uma última ronda desastrosa, que concluiu com 74 pancadas.

Olson iniciou a ronda final com um par, seguido de bogey e um birdie, efetuando depois quatro pars e bogey no 8, par 3, terminando os front-nine com um par e com o total de 36 pancadas, uma acima do par dos front-nine.

A natural do Dakota do Norte, inicia os back-nine com três pars e um birdie, efetuando bogey no 14, par 3, consumando pars nos três seguintes, terminando a sua prestação no 18, par 4, com um double-bogey, quando necessitava apenas dum par para vencer o torneio, facultando a Stanford o primeiro Major , 15 anos após ter iniciado a sua carreira, perdendo Olson a oportunidade de consumar a sua primeira vitória no LPGA Tour.

Olson falhou este objetivo ao fazer um hook com o drive de saída, em que projetou a bola para um rough batendo a terceira pancada para o green a qual ficou curta, batendo a bola de seguida com o putter, ficando a pouco mais de 1,5 metros para além do buraco, tendo falhado o putt de seguida vindo a concluir o buraco com duas pancadas acima do par do buraco.

As vice-campeãs, além de Olson, foram: a natural de Greensville, na Carolina do Sul, Austin Ernst, 26 anos; a sul-coreana de Seul, Sei Young Kim, 25 anos; e, a californiana de Pasadena, Mo Martin, 35 anos; que concluíram as suas prestações com 11 pancadas abaixo do par do campo.

A campeã e vice-campeãs receberam prémios nos montantes respetivos de 577.500 dólares (cerca de 469 mil euros) e 224.615 dólares (cerca de 192 mil euros) cada.

Angela Stanford subiu do 45º ao 10º lugar da lista da Official Money onde apresenta o total de 947.798 dólares (cerca de 814 mil euros) apurados nos 23 torneios que já disputou esta época.

Na Race to CME Globe Season, Angela Stanford ascendeu da 50ª à 19ª posição, onde contabiliza 1.382 pontos Globe, que obteve no mesmo número de eventos atrás referidos.

Outras concorrentes que destacamos da classificação geral do torneio, obtiveram as posições e resultados seguintes: Jessica Korda, Inbee Park (vencedora em 2012) – 8ºE/-9; Lydia Ko (2015), So-Yeon Ryu – 10ºE/-8; Wei-Ling Hsu – 15º/-7; In-Gee Chun (2016), Georgia Hall, Nasa Hataoka, Minjee Lee – 16ºE/-6; Charley Hull, Eun Hee Ji – 24ºE/-4; Jin Young Ko, Lizette Salas - 26ºE/-3; Caroline Masson, Azahara Munoz – 33ºE/-2; Ariya Jutanugarn - 36º/-1;  Anna Nordqvist (2017, 2014) – 44ºE/+2; Brittany Lincicome, Jennifer Song, Amu Yang – 49ºE/+3.

Não passaram o cut, dentre outras jogadoras, as seguintes: Jacqui Concolino; Hannah Green ; Mina Harigae; Cristie Kerr; Lexi Thompson; Mariah Steakhouse; Danielle Kang; Aditi Ashok; Haeji Kang; M. J. Hur; Laura Davies (vencedora em 1996 e 1995).

 Voltar

 


 

Sites


 





 



Revised: 19-09-2018 .