3º Torneio Circuito FPG

TOMAS MELO GOUVEIA VENCE A PENSAR NO OPEN DE PORTUGAL, INÊS SANTOS ESTREIA-SE

Inês Santos e Tomás Melo Gouveia sagraram-se campeões do 3º Torneio do Circuito da Federação Portuguesa de Golfe para amadores de alta competição, disputado no Oporto Golf club, em Espinho. 

Inês Santos conquistou o título mais importante da sua carreira, ela que há menos de um ano sagrou-se campeã nacional de sub-16 e agora já está a vencer ao nível mais elevado, com todos os escalões etários confundidos. 

Tomás Melo Gouveia está a assumir um domínio avassalador, pois há duas semanas sagrou-se campeão nacional amador e no final da época transata tinha ganho a Taça FPG/BPI, os dois mais importantes torneios a nível interno da FPG para amadores. 

Inês Santos totalizou 155 pancadas, 13 acima do Par, apresentando cartões de 80 e 75, sendo a segunda volta a única de todo o torneio feminino abaixo das 80’s! 

A jogadora do Oporto Golf Club deixou a 9 pancadas de distância a 2ª classificada, Leonor Medeiros (82+82), a recém-coroada campeã nacional de Segundas Categorias. 

Tomás Melo Gouveia somou 137 pancadas, 5 abaixo do Par, após voltas de 68 e 69, batendo por 3 o campeão nacional amador de 2016 neste mesmo campo, Pedro Lencart (69+71), e ainda Tomás Bessa (71+69), que partilharam o 2º lugar. Entre 63 jogadores, só estes três acabaram abaixo do Par. 

No torneio feminino, que contou com dez jogadoras, Inês Santos aproveitou bem o fator casa e também as ausências de Leonor Bessa, Sara Gouveia e Joana Mota, as duas primeiras por estarem a competir em Espanha ao serviço da seleção nacional da FPG e a terceira por se ter lesionado. 

Para Tomás Melo Gouveia, o irmão mais novo de Ricardo, o melhor golfista português da atualidade, estas duas vitórias seguidas – no Campeonato Nacional Absoluto Peugeot, em Santo Estêvão, e agora no 3º Torneio do Circuito FPG – vêm mesmo na melhor altura pois esta semana junta-se ao seu irmão no Open de Portugal@Morgado Golf Resort, o torneio mais importante que alguma vez disputou. 

«Foi uma continuação do Campeonato Nacional, com o meu jogo curto a voltar a ser muito importante», disse Melo Gouveia, de 22 anos, ao site especializado “GolfTattoo”, ele que será o único amador português a desafiar os profissionais do European Tour, esta semana, no Morgado Golf Course. 

«Esta vitória foi muito importante para mim. Neste momento encontro-me em boa forma, estou a jogar bem, apesar de ser difícil conciliar o golfe com a escola (tenho exames nacionais este ano). Tive pena de não participar no Nacional Absoluto, mas, por azar, tive dois intermédios nessa semana. Daqui para a frente vou participar em todos os torneios da FPG, uma vez que são depois dos exames. Apesar de estar a jogar em casa, tinha um pequeno receio, mas estava confiante no meu jogo. Acreditei desde o primeiro dia que tinha possibilidade de ganhar», comentou Inês Santos, ainda de 16 anos, ao Gabinete de Imprensa da FPG, depois de conseguir jogar abaixo do seu “handicap”. 

Nos dois torneios anteriores deste circuito, Leonor Bessa tinha ganho na Penha Longa e Joana Mota no Oceânico Faldo Course, enquanto os torneios masculinos foram arrebatados por Vítor Lopes no Algarve e Pedro Lencart em Sintra.

Press-Release
Gabinete de Imprensa da FPG
8 de Maio 2017

Voltar

 

Revised: 09-05-2017 .