Campeonato Nacional Pares Pitch & Putt

HUGO ESPÍRITO SANTO E GONÇALO RODRIGUES PERTO DA PERFEIÇÃO NA QUINTA DO FOJO

Foi em grande estilo que Hugo Espírito Santo (Quinta das Lágrimas) e Gonçalo Rodrigues (Paredes Golfe Clube), o professor e o ex-aluno, se sagraram hoje campeões nacionais de pares de pitch & putt em prova disputada neste sábado na Quinta do Fojo, em Vila Nova de Gaia.

Foram três voltas de 9 buracos em diferentes modalidades, de manhã em Greensomes e em Foursomes, de tarde em Fourball – e foi nesta última que a dupla vencedora abriu o livro fazendo 8 pancadas abaixo do Par 27, Com oito birdies, ficaram a uma só pancada do jogo perfeito. Ao longo dos 27 buracos de jogo não fizeram qualquer bogey, apenas birdies e pares.

De manhã tinham feito resultados de 23 (-4) e 25 (-2) e lideravam para a tarde antes de um 19 (-8) que deixou ainda mais para trás a concorrência. Terminam com um total de 67 (-14) e com nove pancadas de diferença para os vice-campeões Luís Bonito/Arnaldo Paredes (76, 26-27-23), -5, da Quinta das Lágrimas.

Gonçalo Rodrigues, um jogador do escalão de sub-16 anos e 11.º em 2018 no respetivo Ranking Nacional, iniciou-se no golfe com Hugo Espírito Santo quando este ainda lecionava em Rilhadas, depois acompanhou-o para Guardizela e entretanto, com a partida do mestre, mudou-se para Paredes.

Quanto a Hugo Espírito Santo, grande referência do pitch & putt em Portugal, voltou a representar a Quinta das Lágrimas e acrescenta agora mais um título nacional aos muitos que conta na especialidade.

“Já tínhamos jogado e vencido juntos alguns torneios de pares lá fora, na Galiza, mas nunca tínhamos ganho nada em Portugal”, conta Hugo Espírito Santo, acrescentando: “Ele jogou e ‘patou’ muito bem, é um miúdo que tem ainda muita margem de progressão.

Luís Bonito e Arnaldo Paredes também são grandes jogadores nesta variante do golfe, sendo que o primeiro é mesmo campeão nacional absoluto de 2018. Hoje foram vice-campeões no desempate pela melhor última volta com dupla da casa composta por Francisco Pinho/Gonçalo Mota (24-26-26).

A prova contou com 12 pares e o top-5 ficou completo com Gabriel Sardo/Davide Ribeiro, da da Quinta do Fojo, que somaram 77 (25-28-24), -4; e Tomás Araújo/Diogo Rocha, de Paredes, com 78 (28-26-24), -3.

Gabriel Barbosa / Hugo Ferreira, de Paredes, foram os campeões net com 67 (21-24-22) e a vantagem mínima sobre Afonso Moreira/Miguel Pinheiro (21-24-23), de Paredes.

Press-Release
Gabinete de Imprensa da FPG
9 de Novembro de 2018

Voltar

 


 

Sites


 





 



Revised: 10-12-2018 .