PITCH & PUTT FREE TOUR 2017

 

No total são 15 campos, de todo o País, que oferecem dois green fees de 18 buracos, por ano, aos associados de cada um dos seus clubes. A ideia passou ao papel, neste caso ao cartão Pitch&Putt Free Tour, visando a dinamização da indústria da modalidade.

Sem custos, pessoal e intransmissível, o Pitch&Putt Free Tour estará disponível na ClubHouse dos clubes subscritores e vale 30 voltas em 15 campos distintos para o seu utilizador. Na base do projecto esteve a intenção de acrescentar valor ao estatuto de sócio destes clubes, mas principalmente incrementar o fluxo de jogadores pelo mapa golfístico português, sobretudo no Pitch&Putt.



 

“Todos sentimos que o golfe precisa de mais jogadores e de maior articulação entre os campos. De nada serve os clubes estarem de costas viradas, se a indústria estiver estagnada. Temos de nos abrir e estimular os jogadores a jogar mais vezes e em mais campos”, refere a Comissão de Coordenação do projecto, composta por Paredes, Quinta das Lágrimas e Rilhadas, que foi eleita numa reunião que decorreu em fevereiro, no CityGolf na cidade do Porto.

No caso do Pitch&Putt, recorde-se, o quadro competitivo e as regras de jogo sofreram alterações profundas - fruto de um debate construtivo entre os clubes e a Federação Portuguesa de Golfe – que se enquadram na tentativa de melhorar e modernizar a modalidade, tornando-a mais acessível e atractiva.

“A criação deste cartão surge no seguimento da reflexão efectuada pelos agentes do golfe e é uma espécie de test-drive, que será, certamente, melhorado com o passar do tempo. No final de 2017 faremos um balanço e chegaremos a algumas conclusões. Nesta fase acreditamos que, acima de tudo, estamos a passar uma mensagem à comunidade do golfe, acreditando que no futuro, em vez de 15, seremos 30 clubes/campos a integrar o projecto”, realça a Comissão de Coordenação.

Press-Release
3 de Maio 2017

Voltar

 

 


 

Sites


 






 



Revised: 05-05-2017 .