Circuito Europeu de Homens

MCILROY VENCE TORNEIO NO DUBAI E CONQUISTA A "CORRIDA PARA O DUBAI"

DP World Tour Championship Dubai

Data: 19 a 22 de Novembro de 2015
Campo: Earth Course, Jumerah Golf Estates
Pars:  72
Local : Dubai, Emiratos Árabes Unidos

Resultados

 

Em 25 de Outubro último, após se ter efectuado o Hong Kong Open, o ranking “Corrida para o Dubai”, que era expresso em euros, foi convertido em pontos, fazendo cada euro equivaler a um ponto.

O DP World Tour Championship Dubai – que começou a ser disputado em 2009 – é o último dos torneios da Final Series  que apresenta uma bolsa de prémios no total de 8 milhões de dólares (cerca de 7,5 milhões de euros).

O DP World Tour Championship, foi disputado pelos 60 primeiros jogadores da classificação da Corrida para o Dubai, após se ter realizado o BMW Masters.

A competição disputou-se no Earth Course que foi desenhado pelo famoso jogador australiano, de Quensland, Greg Norman, 60 anos, percurso que integra: 102 bunkers; 26 lagos e 3.500 árvores.

 

O vencedor deste torneio – que apresenta a maior bolsa de prémios dos torneios do calendário do European Tour – foi o natural da Irlanda do Norte, Rory McIlroy, 26 anos, que consumou 21 pancadas abaixo do par do campo, sendo um dos três primeiros e únicos jogadores que apresentaram nas rondas, todos os resultados na casa das sessenta pancadas.

Rory bateu 68, 68, 65 e 66 pancadas, que obteve com: 26 birdies; 41 pars; e, 5 bogeys.

O inglês Andy Sullivan, 29 anos, que tomou a liderança do torneio no fim da segunda ronda, após ter batido duas marcas de 66 pancadas, continuou a comandar o evento no fim da terceira jornada, em que fez 68 shots, encontrando-se então apenas com uma pancada de vantagem sobre McIlroy.

O norte-irlandês, que havia batido 68, 68 e 65 pancadas, subiu com estes resultados à 2ª posição do evento, com 15 pancadas abaixo do par do campo, enquanto Sullivan apresentou 16 pancadas abaixo do par do campo.

Na ronda final Sullivan ganha a vantagem de mais uma pancada em relação a Rory no buraco 1, par 4, que mantém até ao buraco 3, par 4, ganhando no buraco 4, par 3, mais uma pancada, elevando a vantagem sobre Rory para menos três pancadas.

Esta vantagem manteve-se até ao buraco 6, par 3, após ambos os contendores terem feito birdies nos buracos 5, par 4 e 6, par 3.

No buraco 7, par 5, Rory faz birdie e Sullivan, o par do buraco, reduzindo a duas pancadas a vantagem que possuía sobre o norte-irlandês.

No buraco 8, par 4, Sullivan faz bogey  vindo a terminar os front-nine com a vantagem de uma pancada sobre McIlroy, ou seja, com a vantagem que trazia do fim da terceira jornada.

Nos back-nine, em que Sullivan apenas faz um birdie no buraco 11, par 4 e pars em todos os outros buracos, o inglês termina a sua prestação com mais uma pancada que McIlroy, após este ter feito birdies nos buracos 11, 12, 14, 15 e um bogey  no 17, par 4.

No buraco 14, par 5, em que McIlroy fez birdie e Sullivan fez par, foi aquele em que McIlroy tomou o comando do evento, após ter feito um chip para cerca de 60 cms do buraco e Sullivan ter concretizado um segundo putt do rough por trás do buraco

Buraco

1

2

3

4

5

6

7

8

9

OUT

10

11

12

13

14

15

16

17

18

IN

TOT

PAR

4

5

4

3

4

3

5

4

4

36

4

4

4

3

5

4

4

3

5

36

72

McIlroy

4

4

4

4

3

2

4

4

4

33

4

3

3

3

4

3

4

4

5

33

66

Sullivan

3

4

4

3

3

2

5

5

4

33

4

3

4

3

5

4

4

3

5

35

68

Dif entre Sullivan e Rory

-2

-2

-2

-3

-3

-3

-2

-1

-1

 

-1

-1

E

E

+1

+2

+2

+2

+1

 

 

McIlroy conquista o torneio com 21 pancadas abaixo do par do campo e Sullivan com menos 20 pancadas.

Sullivan, que procurava a sua quarta vitória, esta época, no Tour – em que conquistou: o Portugal Masters; o Joburg Open; e, o South African Open Championship – viu goradas as suas expectativas, ao permitir a Rory obter a sua segunda vitória no evento – após ter ganho em 2012 – e conquistar o ranking “Corrida para o Dubai”, onde recebeu o prémio de 1.230.792 euros, registando nos 12 eventos que disputou, o total de 4.727.253 pontos.

O 3º lugar do torneio foi ocupado pelo sul-africano de Pretória, Brendan Grace, 27 anos, detentor de seis vitórias no European Tour, que efectuou 68, 69, 69 e 67 pancadas, 15 abaixo do par do campo.

O grande concorrente ao título da Corrida para o Dubai era o inglês Danny Willett, 28 anos, que se encontrava antes do inicio do torneio desta semana, com menos 1.613 pontos que McIlroy na Corrida para o Dubai, mas que não conseguiu superar esta diferença ao classificar-se no 4º lugar do evento, após ter batido 68, 70, 67 e 70 pancadas, 13 abaixo do par do campo, resultado com que empatou com mais cinco outros concorrentes.

Os jogadores que empataram com Willett e se encontravam com mais oito pancadas que o vencedor McIlroy, eram: o italiano, natural de Turim, Francesco Molinari, 33 anos; o sul-africano de Joanesburgo, Charl Schwartzel, 31 anos; o argentino, Emiliano Grillo, 23 anos; e, os candidatos ao título “Sir Henry Cotton Estreante do Ano”, o sul-coreano de Seul, Byeong-Hun An, 24 anos e o inglês Matthew Fitzpatrick, com 21 anos.

Para Fitzpatrick, este foi o décimo Top-10 que obteve esta época e para An – que conquistou o BMW CHampionship – foi também uma excelente época, tendo concluído a Corrida para o Dubai no 7º lugar, após ter participado em 28 eventos, nos quais apurou 2.414.356 pontos.

Fitzpatrick, que disputou 32 torneios esta temporada, em que apurou 2.094.933 pontos, classificando-se na Corrida para o Dubai no 12º lugar.

O dinamarquês Sören Kjeldsen, 40 anos e o alemão Martin Kaymer, 30 anos, vencedor de dois Majors e do DP World Tour Championship Dubai, em 2010, concluíram as suas prestações com 12 pancadas abaixo do par do campo.

Sören Kjeldsen, obteve a 15ª posição na Corrida para o Dubai, onde contabilizou 1.996.680 pontos.

O inglês Luke Donald, 37 anos, vencedor deste evento em 2011; o francês Victor Dubaisson, 25 anos, que conquistou este ano o Turkish Airlines Open; e, o inglês Chris Wood, 27 anos; concluíram a competição na 13ª posição, com 9 pancadas abaixo do par do campo.

Dubuisson, Wood e Donald obtiveram, respectivamente, na Corrida para o Dubai, as posições seguintes, com os números de pontos indicados: 11º/2.132.753 pontos; 17º/1.759.734; e, 33º(1.064.320 pontos.

Outros concorrentes que destacamos da classificação geral do evento, obtiveram algumas das melhores classificações na Corrida para o Dubai, cujas posições neste ranking figuram entre parênteses: Justin Rose (3º) - vencedor da Corrida para o Dubai 2007 – 22ºE/-7; Lowry Shane (4º) – 48ºE/-1; Louis Oosthuizen (5º) – 38ºE/-4; Thongchai Jaidee (8º) – 31ºE/-6; Bernd Wiesberger (9º) – 17ºE/-8; Kristoffer Broberg (12º) – 17ºE/-8.

O sueco Henrik Stenson – vencedor da Corrida para o Dubai em 2014 e 2013 – classificou-se neste ranking na 16ª posição, após ter obtido no torneio desta semana, o último lugar empatado, com 3 pancadas acima do par do campo.

O inglês Lee Westwood, 42 anos, que conquistou em 2009 o DP World Tour Championship Dubai, obteve este ano no torneio a 42ª posição empatado, ao consumar 3 pancadas abaixo do par do campo.

  Voltar

 

Revised: 26-11-2015 .