Circuito Europeu de Homens

O australiano Cameron Smith obteve no seu país terceira vitória no torneio

Fortinet Australian PGA Championship

Data:  24 a 27 novembro 2022
Campo: Royal Queensland GC
Par : 71
Local: Brisbane, Austrália

Resultados

 

 

A época 2023 teve o seu início com dois eventos, na Austrália e África do Sul, o Australian PGA Championship e o Joburg Open, que se realizaram iniciando a época “Race to Dubai Rankings in partnership with Rolex”, que terá 39 torneios, em 26 diferentes países, sendo estes eventos co-sancionados, respetivamente, pelo ISPS Handa PGA Tour of Australasia e pelo Sunshine Tour.

 

O torneio foi disputado no Royal Queensland Golf Club - fundado em 1920, por um grupo de cidadãos de Brisbane - cujo campo Championship pode ser conhecido através de um Course Tour, tendo o mesmo sido completado em 2007 pelo arquiteto escocês Alister Mackenzie.

O vencedor do torneio foi o australiano, Cameron Smith, 29 anos, que ganhou este evento em 2017, 1018 e este ano tendo, para tanto, obtido 68, 65, 69 e 68 pancadas, 14 abaixo do par do campo, que produziu com: 22 birdies; 42 pars; e, 8 bogeys.

O australiano Cameron Smith, obteve esta vitória com três pancadas de vantagem sobre o também australiano, Jason Scrivener, 33 anos, que consumo 65, 67, 74 e 67 pancadas, que produziu com: 21 birdies; 42 pars; 8 bogeys; e, um double-bogey.

Cameron Smith para além das três vitórias referidas que obteve neste evento, tem no seu palmarés o triunfo que obteve em 2022, no 150th Open, não tendo Scrivener qualquer vitória no DP World Tour.

O outro vice-campeão do evento foi o japonês Ryo Hisatsune, 23 anos, que apurou nas rondas 65, 71, 70 e 67 shots, 11 abaixo do par do campo, que obteve com: 2 eagles; 14 birdies; 50 pars; 5 bogeys; e, um double-bogey.

O australiano Min Woo Lee, 24 anos, obteve o quarto lugar empatado ou efetuar nas voltas 65,73, 68 e 69 pancadas, 9 abaixo do par do campo, que obteve com: 16 birdies; 49 pars; e, 7 bogeys, tendo no seu currículo 2 vitórias no DP World Tour, no ISPS Handa Vic Open em 2020 e, no abrdn Scottish Open, em 2021.

O inglês John Perry, 36 anos, bateu nas rondas 71, 70, 69 e 65 shots, com que empatou com Min Woo Lee, tendo apurado aqueles resultados com: 19 birdies; 44 pars; 8 bogeys; e, um double-bogey, tendo uma única vitória no DP World Tour, que ele teve no Vivendi Cup em 2010.

O vencedor Cameron Smith recebeu um prémio no valor de 221.016,66 euros, tendo os vice-campeões Hisatsune e Scrivener recebido cada um prémio no valor de 112.458,48 euros e 173,5 pontos DPWTR.

Os jogadores que se classificaram no 4º lugar - Min Woo Lee e John Perry - receberam cada um prémio no valor de 60.064,53 euros e 92 pontos DPWTR.

Na lista da DP World Tour Points, Hisatsune e Scrivener tomaram a 2ª posição com os 173,5 pontos que receberam, tendo Min Woo Lee e John Perry ocupado 6º lugar no ranking com os 92 pontos que receberam neste evento.

Não passaram o cut os seguintes jogadores, dentre outros: Matthew Jordan; Ryan Fox; David Horsey; Dimitrios Papadatos; e, Austin Bautista

Todos os concorrentes que disputaram o torneio com as respetivas posições, apresentam-se na rubrica “Resultados” que se encontram no início deste Artigo.

Voltar

 

Revised: 28-11-2022 .