Circuito Europeu de Homens

O SUL-AFRICANO FRITTELLI OBTÉM PRIMEIRO TRIUNFO NO EUROPEAN TOUR

Lyoness Open powered by Organic +

Data: 8 a 11 de Junho de 2017
Campo: Diamond Country Club
Par:  72
Local :  Atzenbrugg, Áustria

Resultados

 

O torneio foi fundado com o nome Austrian Open, em 1990, tendo em 2005 deixado de fazer parte do Challenge Tour – 2ª divisão do European Tour – integrando-se, no ano seguinte, no calendário deste último circuito.

O torneio em 2012 tomou a designação Lyoness Open, sendo este ano a 6ª edição do torneio com este nome.

No Diamond Country Club – perto de Viena, na Áustria - existem dois campos, o Diamond Leisure e o Diamond, tendo o torneio sido disputado neste último.

O percurso Diamond foi inaugurado em 2002 e apresenta muitos obstáculos de água, que interferem com o jogo, o que exige dos jogadores grande precisão nas saídas e nas batidas para os greens.

Os greens dos buracos 11 e 15, par 3, encontram-se implantados em ‘ilhas’, tendo o buraco 18, par 4, um green  com um lago à esquerda, sendo o lado direito do green out-of-bounds, o que exige jogadas  muito precisas.

No torneio participaram 157 jogadores, tendo saído vencedor do mesmo o sul-africano de Joanesburgo, Dylan Frittelli, 27 anos, que consumou no torneio 12 pancadas abaixo do par do campo.

Frittelli bateu 70, 71, 68 e 67 pancadas, que produziu com: 18 birdies; 48 pars; e, 6 bogeys.

O sul-africano com os resultados apurados em cada volta movimentou-se no torneio do seguinte modo: 21ºE; 13ºE; 2ºE; e, 1º.

O 2º lugar do evento foi partilhado por três jogadores: o inglês David Horsey, 32 anos; o sul-africano, Jbe Kruger, 30 anos; e, o finlandês, Mikko Korhonen, 36 anos; que concluíram o evento com 11 pancadas abaixo do par do campo.

O campeão Frittelli recebeu o prémio no valor de 166.660 euros e os vice-campeões receberam prémios no montante de 74.570 euros cada.

Estes prémios convertidos em pontos (1€ = 1 ponto) colocaram Frittelli na Corrida para o Dubai na 17ª posição, com 14 eventos disputados esta época.

Os vice-campeões subiram na Corrida para o Dubai às seguintes posições com o número de pontos indicados para cada:
- David Horsey – 71º - 192.190 pontos – 11 torneios disputados
- Jbe Kruger – 84º - 154.929 pontos – 9 torneios efectuados
- Mikko Korhonen – 52º - 296.229 pontos – 12 torneios realizados.

O 5º e 6º lugares da competição foram apurados, respectivamente, pelo inglês Richard McEvoy, 37 anos e o sueco de Gotemburgo, Johan Carlsson, 30 anos, que terminaram, respectivamente, as suas prestações com 10 e 9 pancadas abaixo do par do campo.

Ricardo Santos, 34 anos, o único português que participou no torneio, obteve as marcas de 71, 73, 75 e 72 pancadas, 3 acima do par do campo, que efectuou com: 12 birdies; 48 pars; 10 bogeys; e, um double-bogey, classificou-se no torneio na 52ª posição, empatado.

Os vencedores do torneio em anos anteriores, que se classificaram no torneio, obtiveram as posições e resultados seguintes: Joost Luiten (2013) – 7ºE/-7; Wu Ashun (2016) – 10ºE/-6; Bernd Wiesberger (2012) – 15ºE/-5.

Outros concorrentes que destacamos da classificação geral do torneio, obtiveram as seguintes classificações e resultados: Graeme Storm, Alexander Björk – 15ºE/-5; Paul Waring – 52ºE/+3; e, Brett Rumford – 57ºE/+4.

Não passaram o cut , dentre outros jogadores, os seguintes: Benjamin Herbert; Jaco Van Zyl; Nacho Elvira; Chris Hanson; Gregory Bourdy; Miguel Angel Jimenez; Mike Weir; James Morrison; Robert Rock; Lee Slattery; Anthony Wall; e, Daniel Brooke.

Voltar

 


 

Sites


 






 



 

Revised: 12-06-2017 .