Circuito Europeu de Homens

O AUSTRALIANO DE PERTH OBTEVE NA SUA CIDADE A SEXTA VITÓRIA NO EUROPEAN TOUR

ISPS Handa World Super 6 Perth

Data: 16 a 19 de Fevereiro de 2017
Campo: Karrinyup Country Club

Par:  72
Local :  Perth, Austrália

Resultados

 

O torneio que foi inaugurado em 2012, tendo sido desde então co-sancionado pelo European Tour, o Asian Tour e o PGA Tour Australasia, efectuando-se este ano a sua 4ª edição, devido a em 2015 não se ter realizado a competição.

O ISPS Handa World Super 6 Perth, disputou-se no Lake Karrinyup Country Club, num campo que foi inaugurado em 2007.

O campo apresenta fairways largos e ondulados, ladeados por árvores da borracha, eucaliptos e outras espécies e onde vivem cangurus e patos indígenas do local.

 

O torneio deste ano – antes conhecido por ISPS Handa Perth International – mudou de formato tendo adoptado o seguinte.

Os 156 jogadores que participaram no torneio jogaram as três primeiras voltas em strokeplay, efectuando-se um cut após os 36 buracos iniciais, sendo eliminados os 65 últimos jogadores, bem como, os empatados na última posição.

Outro cut foi efectuado no fim dos 54 buracos, reduzindo-se o field a 24 jogadores, os únicos que jogaram o quarto dia, no domingo, na modalidade matchplay.

No caso de verificarem empates de alguns jogadores dos 24, no último buraco, o desempate por morte súbita, fez-se no buraco 18, par 4, que tem 406 metros.

No domingo efectuaram-se cinco rondas em seis buracos disputados em matchplay – os Super 6.

Os buracos utilizados nos Super 6 foram: o 10 (par 4); o 2 (par 4); o 8 (par 3); o 11 (par 5); o 12 (par 3); e, o 18 (par 4).

Os primeiros oito jogadores após terem efectuado 56 buracos, receberam um ‘bye’, inserindo-se na segunda ronda das seis atrás referidas.

No caso de ocorrerem empates entre os oito jogadores, as posições dos mesmos eram determinadas através dos melhores resultados que tivessem alcançado nos buracos 18, 9, 6, 3 e 1.

Nos Super 6 se os resultados não puderem ser determinados no fim dos seis buracos de matchplay, a decisão seria obtida através dum buraco de ‘knokout’.

O buraco de ‘knokout’ foi construído com uma saída à distância de 85 metros, com par 3, até ao green do 18, o qual seria utilizado pelos jogadores empatados, ficando apenas em jogo o melhor qualificado dos que se encontravam naquela situação.

O vencedor do torneio foi o australiano Brett Rumford, 39 anos, que na sua terra natal, em Perth, que conquistou o sexto torneio no European Tour, após nas três primeiras rondas, em strokeplay ter batido 66, 65 e 68 pancadas, 17 abaixo do par do campo e ter na ronda final, em matchplay, derrotado o tailandês Phachara Knongwatmai, 17 anos, por 2&1.

O campeão e vice-campeão receberam prémios nos montantes de 210.255 euros e 140.170 euros.

Com os prémios convertidos em pontos (1€ = 1 ponto) Rumford subiu do 67º ao 11º lugar na Corrida para o Dubai, onde contabiliza 273.553 pontos, que obteve nos cinco torneios que já disputou esta época.

Knongwatmai com o prémio recebido e convertido em pontos ascendeu da 119ª à 24ª posição, onde regista 171.103 pontos apurados nos dois eventos que já disputou esta época.

O sul-africano Louis Oosthuizen de Mossel Bay, 34 anos, que no ano passado venceu o torneio, obteve este ano, no novo formato, o 5º lugar, tendo recebido o prémio no montante de 53.490 euros.

Oosthuizen que já obteve oito vitórias no European Tour, dentre as quais avulta a conquista do 139º Open Championship, em 2010, disputou esta semana, o seu primeiro torneio da época no European Tour.

As classificações dos diversos participantes no torneio podem ser conhecidos na rubrica “Resultados”.

Voltar

 


 

Sites


 






 



 

Revised: 20-02-2017 .