Circuito Europeu de Homens

O magnífico Morikawa conquista segundo Major a sua quinta vitória no PGA Tour

149th The Open

Data: 15 a 18 de julho de 2021

Campo: Royal St. George's GC

Par: 70

Local : Sandwich, Inglaterra

Resultados

 

 

O Open Golf Championship, também conhecido fora do Reino Unido, por British Open, é o mais antigo Major, cuja história se apresenta aqui, bem como, a dos outros Majors.

O torneio faz parte do Grand Slam do golfe – conjunto das mais importantes competições mundiais – que são as seguintes: o The Open, instituído em 1860; o US Open Championship, inaugurado em 1865; o PGA Championship, criado em 1916; e, o The Masters Tournament, disputado pela primeira vez em 1934

 

O The Open Championship, organizado pelo R&A, teve este ano a sua 149ª edição, sendo o quarto Major que se realizou esta época, após: o Masters Tournament; o PGA Championship; e, o US Open.

O campo do Royal St. George’s pode ser conhecido hole-by-hole.

O vencedor do torneio foi o natural de Los Angeles, na California, Collin Morikawa, 24 anos, que com os resultados espetaculares de 67, 64, 68 e 66 pancadas – todos na casa das sessenta pancadas – que obteve com: 19 birdies; 49 pars; e, 4 bogeys.

Morikawa movimentou-se na classificação do evento ocupando a 9ª posição empatado na primeira ronda, “trepando” à 2ª posição na segunda volta, posição que manteve na terceira jornada, concluindo a quarta ronda na primeira posição.

Morikawa obteve a sua quinta vitória, o segundo Major, após o PGA Championship em 2020, tendo ainda neste ano obtido um triunfo no WGC – Workday Charity Open.

Em 2019 Morikawa conquistou o Barracuda Championship, tendo já obtido, em 2021, um triunfo no WGC – Workday Championship at the Concession.

Colin Morikawa fez história tornando-se o primeiro jogador a vencer dois Majors diferentes, ambos na sua primeira presença.

O vice-campeão do torneio e campeão do evento em 2017, foi o natural de Dallas, no Texas, Jordan Spieth, 27 anos, que consumou nas voltas 65, 67, 69 e 66 shots, que obteve com: um eagle; 20 birdies; 42 pars, e, 9 bogeys.

O 3º lugar da competição foi partilhado pelo espanhol Jon Rahm, 26 anos, que bateu 71, 64, 68 e 66 pancadas e o sul-africano de Mossel Bay, Louis Oosthuizen, 38 anos, que concretizou nas rondas 64, 65, 69 e 71 pancadas, concluindo ambos as suas prestações com 11 pancadas abaixo do par do campo.

Louis Oosthuizen – vencedor em 2010 – que havia comandado o torneio nas três primeiras rondas, perdeu esta posição na ronda final, ao fazer bogeys nos buracos 4, par 4 e no 7, par 5, tendo ainda no 13, par 4, feito novo bogey, concluindo a volta com apenas dois birdies e 13 pars, que o conduziram ao resultado de 71 pancadas na ronda e que o remeteram para o 3º lugar, empatado com Jon Rahm.

Morikawa recebeu um prémio no valor de 2.070 milhões de dólares (cerca de 1,7 milhões de euros) e 600 pontos FedEx Cup, tendo subido na lista da Official Money da 9ª à primeira posição onde regista 6.950.768 dólares (cerca de 5,8 milhões de euros) obtidos nos 19 eventos que já disputou esta época.

Na lista da FedEx Cup Regular Season Points Morikawa subiu da 10ª à primeira posição, com os 600 pontos atribuídos.

No ranking Corrida para o Dubai, com os 1.665 pontos Race to Dubai atribuídos, Collin Morikawa ascendeu da terceira posição à liderança do ranking, onde regista 3.779,6 pontos Race to Dubai, obtidos nos oito eventos em que já participou esta época.

Não passaram o cut os seguintes jogadores, dentre outros: Harold Varner III; Francesco Molinari (vencedor em 2018); Marc Leishman; Sebastián Muñoz; Keegan Bradley; Russell Henley; Tyrrell Hatton; Henrik Stenson (2016); Ryan Palmer; Troy Merritt; Matt Jones; Patrick Reed; Darren Clarke (2011); Ernie Els (2012); Adam Long; e, Phil Mickelson (2013).

Os jogadores que se classificaram no torneio podem ser conhecidos na rubrica “Resultados” que figura no início deste Artigo.  

Voltar

 

 

Sites


 





 

Revised: 22-07-2021 .