Circuito Europeu de Homens

O CHINÊS ASHUN WU VENCEU NA HOLANDA CONSUMANDO TERCEIRO TRIUNFO NO TOUR

KLM Open

Data: 13 a 16 de Setembro de 2018

Campo: The Dutch  

Par:  71

Local :  Spijk, Holanda

Resultados

 

O torneio instituído em 1912, com o nome Dutch Open, usa o título KLM Open desde 2004.

O torneio faz parte do calendário do European Tour desde 1972, ano em que este circuito foi criado.

O torneio na sua 99ª edição disputou-se pelo terceiro ano consecutivo no The Dutch, em Spijk, perto de Gorinchem, que foi inaugurado em 2011, sendo o décimo primeiro campo onde o torneio se disputa o qual foi candidato a palco da Ryder Cup 2018.

O campo, que foi desenhado pelo jogador escocês Colin Montgomerie, é considerado um dos melhores da Holanda, sendo em geral muito plano, fazendo lembrar os campos de links, sendo alguns fairways ladeados de elevações, não deixando contudo de ser muito expostos ao vento.

O percurso apresenta obstáculos de água em doze buracos, que intervêm no jogo, sendo em maior número nos back-nine, onde se encontram oito lagos.

Os greens são grandes e ondulados, oferecendo grande número de posições para colocação das bandeiras.

O campo pode ser conhecido aqui.

O torneio, em que participaram 156 jogadores, foi conquistado pelo chinês de Xiamen, Ashun Wu, 33 anos, que obteve o seu terceiro torneio no European Tour, após ter conquistado, em 2016, o Lyonness Open e o Volvo China Open, em 2015.

Wu pertence ao grupo de quatro chineses, que já ganharam torneios no European Tour, que foram: Hoatong Li, no Omega Dubai Desert Classic de 2018 e no Volvo China Open de 2016; Liang Wen Chong, no Clariden Leu Singapore Masters de 2007; e, Lian Wei Zhang, no Caltex Masters, de 2013.

Ashun Wu foi o chinês que conquistou pela terceira vez um torneio do European Tour, tendo concretizado nas rondas: 64, 66, 71 e 67 pancadas, que apurou com: 22 birdies; 44 pars; e, 6 bogeys.

Wu que arrancou para a ronda final com mais uma pancada que o inglês de Bristol, Chris Wood, 30 anos, que havia efetuado 65, 70 e 65 pancadas nas três primeiras rondas, diferença que manteve nos front-nine da ronda final tendo ambos efetuado 34 pancadas, uma abaixo do par do campo desta fase da partida, conseguiu na ronda final melhorar a situação no início dos back-nine em que o inglês fez birdies nos dois buracos iniciais  que anulou com um double-bogey no buraco 12, par 4, tendo no 13, par 4, feito um birdie, resultado que o deixou com a vantagem de uma pancada sobre Wu.

Chris Wood a partir do buraco 14 fez pars em todos os outros buracos, tendo Wu consumado um birdie que o posicionou na classificação do evento empatado com o inglês.

Ambos os competidores fizeram pars até ao buraco 18, par 5, no qual Wu fez um birdie com que venceu o torneio com menos uma pancada que Wood.

O 3º lugar do evento foi partilhado pelo belga de Bruxelas, Thomas Detry, 25 anos e o japonês de Hiroshima, Hideto Tanara, 39 anos, que reside em Tóquio, que apuraram 14 pancadas abaixo do par do campo.

Os prémios para o campeão e vice-campeão tinham, respetivamente, os valores de 300 e 200 mil euros, que em pontos na Corrida para o Dubai, corresponderam a 350.000 e 233.330, montantes com que: Ashun Wu, subiu do 90º ao 43º lugar da Corrida para o Dubai, onde regista 713.842 pontos, após ter efetuado 24 eventos; e, Chris Wood ascendeu da 25ª à 21ª posição naquele ranking onde apresenta 1.307.934 pontos, que obteve nos 18 eventos que já efetuou esta temporada.

Os vencedores do torneio que se classificaram nesta edição do evento obtiveram as posições e resultados seguintes: Martin Kaymer (2010) – 15ºE/-9; e, Lee Westwood (1999) – 36ºE/-5.

Outros concorrentes que destacamos da classificação geral do evento, obtiveram as posições e resultados seguintes: Eddie Pepperell – 6ºE/-12; Benjamin Hebert, Erik Van Rooyen – 11ºE/-10; Jorge Campillo – 15ºE/-9; Alexander Levy, Wade Ormsby, Andrea Pavan – 20ºE/-8; Adrian Otaegui, Mikko Korhonen, Li Haotong – 24ºDE/-7; Andy Sullivan – 28ºE/-6.

Ricardo Melo Gouveia, 27 anos, não passou o cut ao consumar 75 e 70 pancadas, 3 acima do par do campo, encontrando-se na 132ª posição na Corrida para o Dubai, com 235.967 pontos, após ter disputado 25 torneios esta época.

Não jogaram, também, o fim de semana, os seguintes jogadores, dentre outros: Paul Dunne; Ryan Fox; Mike Lorenzo-Vera; Paul Warning; Nacho Elvira; Shubhankar Sharma; Joakim Lagergren; Kiradech Aphibarnrat; Romain Wattel (vencedor em 2017); Peter Hanson (2012); Simon Dyson (2011, 2009, 2006); Ross Fisher (2007); e, Gonzalo Fernandez-Castaño (2005).

 

  Voltar

 


 

Sites


 





 



 

Revised: 19-09-2018 .