Circuito Europeu de Homens

O espanhol Campillo derrotou o escocês Drysdale num quinto buraco de play-off e conquistou torneio no Qatar

Commercial Bank Qatar Masters

Data: 5 a 8 de Março de 2020

Campo: Championship no Education City Golf Club

Par:  71

Local : Education City, Doha, Qatar

Resultados

 

O Commercial Bank Qatar Masters, inaugurado em 1998, realizou-se esta semana, sendo o último torneio do Desert Swing, o qual foi antecedido de eventos disputados em: Abu Dhabi; Dubai; Arábia Saudita; e, Oman.

A competição teve como palco o campo do Education City Golf Club, inaugurado em 2018, que foi desenhado pelo espanhol José Maria Olazabal, 54 anos, vencedor do Masters Tournament de 1994 e 1999, eventos que fazem parte das 30 vitórias que obteve enquanto jogador do golfe profissional.

O Education City Golf Club que possui, além do campo Championship com 18 buracos, dois outros com 9 e 6 buracos, é um Centro de Excelência de aprendizagem e treino de golfe, que visa o fomento do golfe na região.

O Education City Golf Club pode ser melhor conhecido neste vídeo, sendo os buracos do campo Championship apresentados em imagens.

O vencedor do torneio – em que participaram 144 jogadores – foi o espanhol Jorge Campillo, 33 anos, que derrotou na quinta tentativa, no buraco 18, par 4, o escocês David Drysdale, 44 anos, isto após ambos os jogadores terem feito birdies nas duas primeiras tentativas de desempate, a que se seguiram dois pars, tendo Campillo conquistado o título de campeão com um birdie, quando Drysdale fez o par.

Campillo, que antes de iniciar o buraco 17, par 4, tinha duas pancadas de vantagem sobre a concorrência, fez neste buraco um double-bogey, regressando às 13 pancadas abaixo do par do campo, que tinha anteriormente.

Após este inesperado resultado no penúltimo buraco do torneio, tal obrigou Campillo a disputar um play-off, como aconteceu na semana passada.

Na primeira tentativa Campillo conseguiu efetuar um birdie de cerca de 7,5 metros do buraco, o que Drysdale também efetuou a cerca de 1,8 metros do buraco.

No buraco seguinte a situação repetiu-se, fazendo ambos os jogadores birdies, com Campillo a concretizar o seu resultado, com a bola a cerca de 6 metros do buraco, tendo Drysdale efetuado o seu birdie duma distância menor.

Ambos os oponentes efetuaram pars nos dois buracos seguintes.

Na quinta tentativa no mesmo buraco Campillo consegue um birdie de pouco mais de seis metros, o que Drysdale não conseguiu fazendo o par, falhando o putt com a mesma distância do espanhol, conseguindo assim Campillo a sua segunda vitória no European Tour.

Jorge Campillo obteve agora a sua segunda vitória no European Tour, após ter ganho o Trophée Hassan II o ano passado, isto, após ter até então disputado 229 eventos.

Para Drysdale o evento desta semana foi o seu 498º torneio que disputou no European Tour e que efetuou sem vitórias, após ter sido pela quarta vez vice-campeão.

O 3º lugar do torneio foi partilhado pelos seguintes jogadores: o sueco Niklas Lemke, 35 anos; o finlandês Kalle Samooja, 32 anos; e, o dinamarquês Jeff Winter, 31 anos; que consumaram 12 pancadas abaixo do par do campo.

Na Corrida para o Dubai Jorge Campillo, ao receber um prémio no valor de 258.655,56 euros, a que corresponderam 460 pontos, subiu naquele ranking da 91ª à 14ª posição, onde regista o total de 533,9 pontos, obtidos nos seis eventos que já disputou esta época.

Drysdale, o vice-campeão, na Corrida para o Dubai, ao receber o prémio no valor de 172.437,04 euros e tendo-lhe sido atribuídos 305 pontos, subiu naquele ranking do 119º ao 26º lugar onde regista 362,5 pontos, que recebeu nos oito eventos que já disputou esta temporada.

Pedro Figueiredo, 28 anos, bateu 70, 71, 71 e 72 pancadas, o par do campo, que produziu com: 12 birdies; 49 pars; 10 bogeys; e, um double-bogey; posicionando-se no 66º lugar empatado na lista da classificação do evento.

Figueiredo recebeu um prémio no montante de 2.982,01 euros, tendo-lhe sido atribuídos 5,92 pontos, com que subiu na Corrida para o Dubai da 176ª à 174ª posição, onde regista 29,7 pontos, obtidos nos cinco eventos em que já participou este ano.

Ricardo Santos, 37 anos, não passou o cut , tendo na Corrida para o Dubai descido da 227ª à 228ª posição onde apresenta o total de 4,9 pontos, obtidos nos seis torneios em que já participou esta época.

Os vencedores do torneio em anos anteriores que se classificaram nesta edição do torneio, obtiveram as posições e resultados seguintes: Jeunghun Wang (2017) e Justin Harding (2019) – 28ºE/-6.

Out os concorrentes que destacamos da classificação geral do torneio, obtiveram as seguintes posições e resultados: George Coetzee, Pablo Larrazabal – 7ºE/-10; Adrien Saddier, Scott Jamieson, Gavin Green – 12ºE/-9; Benjamin Hebert, Thomas Detry – 17ºE/-8; Matthieu Pavon, Thomas Pieters – 21ºE/-7; Zander Lombard – 28ºE/-6; Sami Valimaki – 38ºE/-5; Brandon Stone – 44ºE/-4; Renato Paratore – 47ºE/-3; e, Ross Ficher, Dean Burmester, Antoine Rozner – 53ºE/-2.

Não passaram o cut , dentre outros, os seguinte jogadores: Ramus Hojgaard; Martin Kaymer; Adri Arnaus; Ashun Wu; Mike Lorenzo-Vera; Nacho Elvira; Guido Migliozzi; Mikko Korhonen; Grant Forrest; Haotong Li; Scott Hend; Paul Waring; Paul Lawrie (vencedor em 1999 e 2002); Alvaro Quiros (2009); e, Eddie Pepperell (2018).

Voltar

 


 

Sites


 





 

Revised: 09-03-2020 .