Circuito Europeu de Homens

Shinkwin obtém no País de Gales segunda vitória no DP World Tour

Cazoo Open supoported by Gareth Bale

Data:  4 a 7 de agosto 2022
Campo: Twenty-Ten no Celtic Manor Resort
Par : 71
Local: City of Newport, País Gales; RU

Resultados

 

 

O Celtic Manor Resort onde se disputaram em quinze consecutivas épocas, de 2000 a 2014, torneios do European Tour, voltou a receber em 2020 dois outros eventos do Tour, o Celtic Classic e o Wales Open.

No Twenty-Ten, do Celtic Manor Resort, disputou-se o ano passado, após aqueles dois eventos referidos, o Cazoo Open supported by Gareth Bale, que teve este ano o mesmo patrocinador.

 

O campo com 6.862 metros é apresentado num flyover.

O torneio foi disputado por 156 jogadores, tendo tido como vencedor, com a vantagem de 4 pancadas, o inglês Callum Shinkwin, 29 anos, que efetuou nas rondas 69, 68, 65 e 70 pancadas, 12 abaixo do par do campo, que efetuou com: 26 birdies; 33 pars; 12 bogeys; e, um double-bogey.

Shinkwin obteve a segunda vitória, após ter ganho em 2020 o Aphrodite Hilil Cyprus Open.

O vice-campeão do evento foi o escocês Connor Syme, 27 anos, que efetuou nas voltas 68, 68, 73 e 67 shots, 8 abaixo do par do campo, que produziu com: um eagle; 15 birdies; 49 pars; 5 bogeys; e, 2 double-bogeys.

O 3º lugar do torneio foi partilhado pelos cinco jogadores seguintes, que obtiveram nas voltas 5 pancadas abaixo do par do campo: o italiano de Roma, Renato Paratore, 25 anos, que bateu 70, 71, 72 e 66 shots, que obteve com: 2 eagles; 16 birdies; 41 pars; 11 bogeys; e, 2 double-bogeys, tendo obtido duas vitórias no DP World Tour; o inglês Andy Sullivan, 35 anos, que consumou 74, 67, 71 e 67 pancadas nas voltas e que tem quatro triunfos no seu currículo, dentre os quais o obtido em 2015 no Portugal Masters; o inglês David Dixon, 45 anos, e apurou nas voltas 70, 73, 69 e 67 shots, que efetuou com: 21 birdies 37 pars; 12 bogeys; e, 2 double-bogeys; o dinamarquês Lucas Bjerregaard; 30 anos, que efetuou 71,72, 68 e 68 shots, que obteve com: um eagle; 19 birdies; 37 pars; 14 bogeys; e, um double-bogey; o último deste grupo foi o francês Julien Guerrier, 37 anos, que apurou nas rondas 67, 68, 68 e 76 shots, que consumou com: um eagle; 19 birdies; 37 pars; 14 bogeys; e, um double-bogey, tendo dois triunfos, obtidos em 2017.

O campeão, o vice-campeão e os jogadores que ocuparam o 3º lugar, receberam cada, os seguintes prémios: 297.500 euros; 192.500 euros; e, 77.140 euros cada um dos cinco classificados no 3º lugar, tendo-lhes também sido atribuídos os seguintes pontos DPWT: 460; 305; e 120,84 a cada um dos classificados no 3º lugar do evento.

O campeão Callum Shinkwin os pontos recebidos subiu no DP World Tour da 93ª à 28ª posição onde apresenta 847,5 pontos obtidos nos 16 eventos que já disputou esta época.

O vice-campeão Connor Syme, com os 305 pontos que lhe foram atribuídos ascendeu da posição 66ª à 32ª onde regista 770,4 pontos, que obteve nos 18 eventos que já marcou presença este ano.

O português Ricardo Santos, 39 anos, que bateu 71, 73, 72 e 73 pancadas, 5 abaixo do par do campo, obteve o 43º lugar empatado, não tendo Ricardo Melo Gouveia passado o cut.

Não passaram o cut os seguintes jogadores, dentre outros: Aaron Cockerill; Jamie Donaldson; Jordam Smith; Edoardo Molinari; James Morrison; Sean Crocker; Julian Suri; Soren Kjeldsen; Benjamin Hebert; Marc Warren; Nicolas Colsaerts; e, Scott Hend.

Os jogadores que se classificaram no torneio podem ser conhecidos na rubrica “Resultados” que figura no início deste Artigo.

Voltar

 

Revised: 10-08-2022 .